Quarentena e dia da criança na mesma frase parece incongruente, mas o ano de 2020 tem tornado este exercício relativamente fácil.

Estando em casa, foi uma oportunidade de tirar o pó à velha Olympus Zuiko 50mm 1.8 e experimentar na X-Pro 1. O resultado na câmara, especialmente a 1.8, parecia demasiado soft (já esperado, com a objectiva full open) e com o foco perdido, mas depois o resultado algo “vintage”, com as cores típicas daquele revestimento MC faz valer a pena.

Os highlights são muito interessantes, assim como o bukeh pronunciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

18 − 11 =