Avançar para o conteúdo

Histórias

Estação do Rossio

Esta é uma “oldie”. Ainda com a Nikon D90 – uma das melhores máquinas que me passou pelas mãos – e a nikkor 35mm 1.8. Acho curioso como acabo sempre a preferir esta distância focal, além da 27mm que deixou saudades ou a 23mm da Fuji X100.

Rossio, Nikon D90, Nikkor 35mm1.8

Infelizmente não tenho o ficheiro NEF original, nem sequer o JPG gerado. Esta foi uma das muitas imagens que se perderam entre mudanças de discos, mudanças de casa e.. de vida. Acabo sempre por culpar a Fotografia dos meus próprios erros, a querer esconder ou esquecer as imagens que de uma forma ou de outra fazem-me recordar momentos, não especificamente os retratados. Apaguei conscientemente (e inconscientemente) muitas imagens, muitos instantâneos, sem ter cuidado com backups ou manutenção de arquivos. Esta – e outras fotografias – consegui recuperá-las de perfis antigos de sites de partilha anteriores às redes sociais: flickr, 500px, deviantart – antes de apagá-los, claro.

Noto que a minha fotografia tem os seus altos e baixos. Ignorei tantas imagens que agora considero pequenas pérolas (esta por exemplo) e outras que tenho vergonha em mantê-las disponíveis tanto no blog como nas redes sociais. Luto constantemente para encontrar o meu “estilo”, leia-se aquilo que gosto de fotografar. Mas até isso, que deveria ser uma forma interior de expressão, é condicionado pelo Tempo, comodidade ou.. enfim.

Preciso de fotografar mais sozinho. Sem relógio, sem itinerário, sem preocupações exceto a composição, a velocidade, a abertura, ISO e o momento do disparo.

The London Series

I had this once-in-a-lifetime opportunity to attend a conference in London. Of course I had to bring my 10 years old xpro1, four batteries and my kit zoom 18-55mm. In one afternoon I walked alone 29km (according to Google Maps) and tried to capture these memories that will always be on my heart. This is the London series.